MATÉRIAS

sábado, 28 de março de 2015


LIDERANÇA DE BAZÓFIA

Infelizmente, nem todos pensam na liderança como sendo um sentimento de equipe, mas como uma maneira de ter notoriedade.

É fundamental saber lutar com garra e determinação pelos seus ideais, dentro do pleno objetivo que foi traçado juntamente com a sua equipe. 

O Verdadeiro Campeão é aquele que acredita e alcança a Vitória!

Dos amores humanos, o menos egoísta, o mais puro e desinteressado é o amor da “verdadeira amizade” que se mistura ao profissionalismo, contudo, toda a cautela será necessária quando esses dois sentimentos se confundirem.

E lógico que existirá uma grande chance dessa liderança sofrer mutações, principalmente quando todos descobrem que tudo que ouviu veio da boca de um ser humano que jamais soube liderar equipes ou liderar a sua própria vida, chegando a confundir o excesso de vaidade com projetos. 

Quando um líder forma uma equipe, ele incentiva para que todos lutem pelos mesmos ideais; para que todos compartilhem dos mesmos propósitos de luta e para que todos acreditem que o caminho não será fácil, mas que o sucesso será para todos.

O tempo passa e você analisa que nada acontece, percebe também que não existem lógicas nas palavras que foram lançadas ao vento e descobre que o valor só existiu para aquele que se apresentou como líder. 

Ele era apenas um contador de histórias. 

Diante desse descontentamento os projetos desmoronam e os objetivos se tornam vazios.

E qual é a solução?

É recomeçar com garra dentro de um fundamento sólido, agregando aos propósitos e aos grandiosos desejos de alcançar a vitória de toda uma equipe que se encontrava desmotivada, afinal, todos tinham um objetivo e todos foram enganados.

A concorrência é sempre a maior preocupação do empresário, fazendo com que se esqueça que todos os trabalhos que foram construídos com tanto esmero, requinte e zelo estão sendo copilados por amadores.

Liberte-se de tudo que o aflige.

Tome imediatas decisões e não espere o tempo passar.

É importante vencer!

Fatima Ziegler

Consultora de Estratégia de Marketing Pessoal e Corporativo

Cerimonial

21 - 2234.2943 / 987263276


Mentes grandes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas.

É importante vencer!




quarta-feira, 25 de março de 2015

MARKETING PESSOAL

É interessante fazer a opção de não usar a flor na lapela quando o traje é Smoking, pelo fato de já ser uma belo traje clássico com uma gola acetinada.

É simplesmente lindo sem enfeites.

Vejam a diferença nas fotos.

Lembrando que o menos é sempre mais. 

E é sempre importante destacar para que não haja dúvida, que o toque especial da Cerimônia realizada com "exclusividade" pelo Sr. BRAS GERALDO - Cerimonialista Interno da Paróquia Nossa Senhora do Brasil - Responsável pelo Cerimonial Interno da Paróquia.

E daí surgem algumas perguntas:

Ele poderia casar usando smoking que é considerado Back tie?

Minha resposta:

Ibrahim Sued, um famoso Colunista da sociedade e um homem muito elegante, antes de falecer, lançou o traje smoking para Casamentos. Desde então as pessoas colocaram como correto esse traje para essa ocasião.

Caso possam observar, os pais e padrinhos também estavam de smoking, porém com as gravatas verticais, que é a maneira que eu gosto. 

Nesse caso que estamos comentando o Noivo está usando a gravata borboleta que traduz para o black tie ou traje de gala.

É correto? Não. Não se esqueçam que a pessoa que deu assessoria para esse Casamento não é uma Cerimonialista (segundo matéria do G1) e sim uma EVENTÓLOGA. Palavra que não existe definição em nosso dicionário.







Fatima Ziegler
Consultora de Etiqueta e Postura e Marketing Pessoal
21 - 2234.2943 / 987263276

segunda-feira, 23 de março de 2015


CURSO ESTRATÉGIA DE MARKETING

 EMPRESARIAL & PESSOAL

Você tem avaliado a marca da sua Empresa?

E o seu Marketing Pessoal como anda?

Pois é, hoje o mercado está exigindo mais e mais das Empresas e de seus Colaboradores para que tenham uma excelente apresentação e, muitas dessas empresas, já avaliam o candidato ou o cliente, pela primeira impressão dentro do Marketing Pessoal.

No mundo todo e também no Brasil, o marketing tem sofrido muitas influências que obrigam a adaptação dos empresários.

Os clientes desejam encontrar um diferencial, mas a qualidade não está tão especial quanto o mercado precisa, e o que está acontecendo é a desvalorização dos seus produtos devido ao número enorme de concorrentes.

A maior preocupação e talvez o maior erro do mercado brasileiro seja o modismo da administração.

O mercado fica muito cauteloso com relação à utilização do modismo, que nem sempre se ajustam às realidades das empresas brasileiras.

É fundamental saber o que o cliente precisa nesse momento e como você poderá levar o seu produto até ele ou fazer com que ele se interesse pela sua empresa através da sua propaganda.

O que tem de atrativo em sua Empresa e em seus Produtos?

É importante saber o que a sua Empresa pretende alcançar no mercado. 

Para entrar na concorrência você deverá desenvolver um trabalho com um valor especial, mais elevado, e com um produto acima da qualidade do mercado e decidir se o seu propósito será atingir determinada classe social.

A sua Empresa também poderá optar pela estratégia de mercado, onde os valores são mais baixos visando um trabalho de vendas em quantidades e não em qualidade de valores.

Aprimore-se e seja um profissional por excelência.

Fatima Ziegler

Consultora de Protocolo, Etiqueta e Postura

Cerimonial Social

21 - 2234.2943 / 987263276 








quinta-feira, 19 de março de 2015

TERNO COM BRILHO - A TENDÊNCIA DO MOMENTO


A moda é eterna e a tendência é passageira.

A culpa de todos pensarem isso não é da moda e sim de quem a divulga, as pessoas transformam tudo em “tendência”.

Vamos parar de falar que tudo é tendência?

Por exemplo: Vestido preto e terno com cortes perfeitos e cores indicadas para cada horário, é um clássico e não uma tendência.

Vejo que o terno brilhoso está sendo usado atualmente e é considerado como uma “tendência”.

Que perigo!

É importante que vejam o estilo do Noivo, o futuro das fotos e a personalidade da pessoa, pois o tempo passará e as fotos não serão atualizadas e, mediante o traje e a forma de olhar dos Noivos, poderão trazer um certo constrangimento.

Quantas vezes ouvimos pessoas rindo de fotos por causa da tendência? E as pessoas justificando: Naquela época isso era moda.

É um misto de juventude, moda, tendência, bossa, influência, desejo, curtição, incentivo e dos grandes estilistas vendendo o seu trabalho.

Há 20 dias o meu cliente pediu que eu o acompanhasse para escolher o seu traje.

Eu já tinha feito algumas reuniões com ele e tinha em mente uma idéia do seu estilo e imaginava o que eu indicaria para a ocasião, dentro do seu perfil.

Ao chegar ao local eu disse para o atendente tudo que eu desejava, e até a gravata eu escolhi, e o cliente amou tudo e ficou muito feliz ao se vê no espelho.

É lógico que eu fiquei ainda mais feliz com o imediato resultado.

Temos que ter a sensibilidade da moda para cada pessoa.

Vocês deverão identificar o jovem Noivo que ficará lindo com o terno com brilho, sabendo que ele não se preocupará com nada quando em um futuro bem próximo mostrar que a foto já está ultrapassada.

Fica a dica.

21 - 2234.2943 / 987263276

‪#‎fatimazieglerconsultorademarketingpessoal‬
‪#‎fatimaziegleretiquetaepostura‬
‪#‎fatimazieglercerimonial‬






quarta-feira, 18 de março de 2015

CERIMÔNIA DE CASAMENTO & CONVIDADOS

Hoje me fizeram a seguinte pergunta:

“Os convidados ficam de pé apenas para a entrada da Noiva”? 

Resposta: 

Não. O correto é que todos os que estão presentes na Cerimônia se coloquem de pé, assim que o cortejo adentrar ao local.

É uma regra?

Não. É uma questão de respeito. 

A linguagem do respeito é universal, só é preciso ter sensibilidade para entendê-la. 

Podemos acrescentar informações importantes que são relativas ao bom senso dos convidados, como por exemplo: 

• Se colocar imediatamente de pé quando começar a cerimônia 

• Não ficar no caminho fotografando 

• Jamais usar o pau de selfie 

• Manter os celulares desligados

• Não falar alto 

• Jamais beijar as pessoas que formam o cortejo 

• Não tentar arrumar a cauda e o véu da noiva quando ela estiver passando

• Ao chegar atrasado, não entrar na frente do cortejo 

• Não é elegante sair da cerimônia antes dos noivos

Podemos analisar, através dos itens citados acima, que diversas situações são importantes para manter a postura correta em uma cerimônia de casamento. 

O trabalho dos profissionais envolvidos nessa ocasião evolui em torno do controle das emoções, e para isso é necessário a colaboração de todos.

Quando fui questionada sobre esse assunto lembrei que dou valor às coisas, não por aquilo que valem, mas por aquilo que significam. 

Respeito: 

É uma característica essencial para obter sucesso e as diferenças precisam ser respeitadas, sejam elas de gostos, personalidades, visões, objetivos pessoais, profissionais, entre outros. 

Não adianta um profissional insistir que essa ou aquela forma é a correta se já existem matérias confiáveis sobre as verdadeiras regras oficiais de um casamento. 

Nem sempre a sua “modernidade” para tentar fazer adaptações no Casamento é o correto. 

Imagina tentar modificar as regras que são consideradas como corretas desde o século XVI, para a benção, e a partir do ano de 1650, na Inglaterra, para o civil.

Fatima Ziegler 

Consultora de Etiqueta e Postura 

Cerimonial Social 









domingo, 15 de março de 2015


RELATO DE EMOÇÕES DE UMA PROFESSORA DE CERIMONIAL E  PROTOCOLO

Hoje acordei desejando escrever sobre alguns sentimentos como desafio, superação, trabalho, sucesso, desilusão, humilhação, decepção, preconceitos raciais e sobre aquelas pessoas soberbas que, vez ou outra, são identificadas pelo caminho da vida.

O assunto mais importante do mundo pode ser simplificado até ao ponto em que todos possam apreciá-lo e compreendê-lo. Isso é - ou deveria ser - a mais elevada forma de arte.

Quando as emocionantes histórias de vida são contadas em sala de aula (o que geralmente acontece no segundo dia de curso) ouvimos marcantes passagens que são narradas através de situações vividas por um grande número de profissionais, tendo dentro do contexto, cada sentimento acima citado, fazendo parte das histórias vividas por alguns.

Eu poderia dizer que não acredito que isso acontece se eu não tivesse presenciado tristes depoimentos.

Como as pessoas são cruéis e até se acham superiores a tudo e a todos, tratando as pessoas com tamanho desprezo como se o tempo não existisse.

Alguns alunos são levados as lágrimas recordando momentos de grande humilhação.

Será que é necessário pisar em alguém para mostrar capacidade?

O ser e o saber estarão acima do seu caráter?

Pensamos demasiadamente e sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas. Mais de bondade e ternura que de inteligência.

Cada um tem de mim exatamente o que cativou, e cada um é responsável pelo que cativou.

Eu faço e abuso da felicidade e não desisto dos meus sonhos. O mundo está nas mãos daqueles que tem coragem de sonhar e correr o risco de viver seus sonhos.

Finalizando com Cora Coralina:

O saber se aprende com os mestres. A sabedoria, só com o corriqueiro da vida. Nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas.

Tudo dependerá da forma que você tocar naquela pessoa.

Fica a dica.

Com carinho

Fatima Ziegler
Professora de Cerimonial Social
Consultora de Etiqueta e Postura


21 - 2234.2943 / 987263276



sexta-feira, 6 de março de 2015



Imperdível CONGRESSO que será realizado em Campinas

Confirmada a presente de renomados nomes do Mercado de Eventos.


terça-feira, 3 de março de 2015

Entrevista realizada por Fatima Ziegler - Diretora da Câmara Nacional de Cerimonia Social.

Entrevistado: Sr. Braz Geraldo - Cerimonialista Interno da Paróquia Nossa Senhora do Brasil - Responsável pelo Cerimonial Interno da Paróquia.



Cerimonialista das Bodas de Thiaguinho e Fernanda Souza é discreto, elegante e atua há mais de 40 anos com ética e responsabilidade. 

24 de Fevereiro de 2015 | Ele assinou o Cerimonial de casamento do cantor Thiaguinho com a atriz Fernanda Souza, que toma conta dos noticiários em todo o País. E se você pensa que vamos mostrar um profissional caricato, cheio de mídia, com um smartphone frenético nas mãos, com um olho nos noivos e o outro nas redes sociais, prepare-se! O Portal do Cerimonial traz em primeira mão, e com exclusividade, um nome para você anotar e não perder de vista.

Seu Braz, como ele gosta de ser chamado – sob o destaque para o “com Z” que ele faz questão – é o que se pode chamar de cerimonialista nato. Com a bagagem de mais de 40 anos na Paróquia Nossa Senhora do Brasil, nessa função, ele desenvolveu a habilidade e a competência capazes de colocar em cheque muitos cerimonialistas estrelados que estão no mercado.

Discreto e elegante, preferindo nem exibir sua foto nesta entrevista, Braz Geraldo assinou o que chama de “Cerimonial interno” daquele Templo, limitando-se a dizer, com inteligência, que sua atribuição está na ordenação do cortejo e disposição dos noivos, pais e padrinhos no altar, observando o rito litúrgico que a celebração pede, e merece.

Tamanha segurança foi indispensável para o exercício perfeito da função de ordenador de nomes como Luciano Huck e Angélica, Cláudia Raia, Péricles entoando o “Pai Nosso” e outros mimos já mostrados pela grande mídia. E Braz destaca que todos “foram extremamente gentis e compreensivos; chegaram cedo, e colaboraram bastante para que tudo fosse perfeito”. Perfeição essa somente superada pela sacada de mestre, totalmente compreensível, ao preceder a saída dos padrinhos aos noivos, permitindo a total compatibilidade com o arsenal de imprensa que os aguardava já na qualidade de Senhor e Senhora Thiaguinho, a porta da Nossa Senhora do Brasil.

Desprendido, quando perguntado sobre o polêmico e amplo episódio de cerimonialistas que se trajaram com seus uniformes e correram para Igreja com vistas a garantir uma “pontinha” de cliques para os seus portfólios, Braz Geraldo limitou-se a... silenciar e expressar um leve sorriso.

Maturidade digna dos 40 anos de atuação de um Cerimonialista para anotar o nome e não perder de vista. Porque os eventuais “pais da criança” não sobrevivem nem a próxima edição dos folhetins que cobrem a feliz noite de Thiaguinho e Fernanda.