MATÉRIAS

sábado, 28 de setembro de 2013

COMENDADORA FATIMA ZIEGLER

Preciso dividir com vocês como foram os momentos emocionantes vividos em Salvador no dia 26 de setembro de 2013, no Auditório da Câmara Municipal de Salvador. 

Essa data ficará marcada por toda a minha vida. 

Agradeço a Chanceler Maria Braga que, após analisar, silenciosamente, a minha história profissional durante alguns meses, fez o convite para que eu recebesse o título de “GRAN COMENDADORA DA SOBERANA ORDEM DA SOCIEDADE INTERCONTINENTAL DE CIÊNCIAS HUMANAS, JURÍDICAS E SOCIAIS” o que me deixou imensamente emocionada e agradecida a Deus por mais essa conquista. 

Ao ouvir o nome dos meus pais, o tempo voltou rapidamente diante dos meus olhos imaginando o quanto orgulhoso ficaria o Senhor Augusto Ferreira Queiroz, meu querido pai.

Foi um lindo evento, mesa composta por grandes autoridades Civis e Militares do Estado da Bahia. 

O Hino Nacional foi tocado pela Banda da Polícia Militar.

Contamos com dois momentos de grande comoção, quando a Chanceler Maria Braga fez uma homenagem ao seu marido que faleceu há quatorze dias e quando o Doutor Leandro Power falou, com lágrimas no rosto, que era Advogado por formação e palhaço por profissão. 

Toda a sua família é circense, uma profissão que não é respeitada.

É importante ouvir e lembrar que palhaços também choram e que, mesmo tristes, eles devem nos fazer sorrir. 

A cada momento de minha vida eu aprendo muito com todos vocês.

Com muito carinho e com muito orgulho 

Fatima Ziegler



quinta-feira, 5 de setembro de 2013


É IMPORTANTE SEMPRE ESTAR PRONTA(O) PARA APRENDER 

Nessa Jornada pelo Brasil tenho encontrado Jovens Profissionais com muito talento. 

São pessoas que não entraram no mercado para brincar de tentar fazer, mas para mostrar um belo trabalho.

Conheci uma Decoradora em São Paulo, com apenas 28 anos e com um brilhante Currículo.

Eu já tinha visto uma linda decoração no Leopoldo, mas nessa ocasião, eu ainda não conhecia essa jovem artista chamada Laís Aguiar, responsável por esse trabalho. 

Assisti a uma espetacular Palestra no 2º. Wedding Connection sobre Primeiros Socorros em Eventos Sociais, com o Doutor Clauss Robert Zeefried. 

Sinceramente eu acho que todos os profissionais deveriam ter conhecimento sobre esse assunto que é de plena importância.

Ele explicou como tomar providências simples para salvar uma pessoa.

Achei o máximo quando ele afirmou que o uso de medicamentos nos banheiros é proibido.

Informou também que o Cerimonial não pode nem oferecer medicamentos, pois não existe nenhum que não traga complicações para o convidado e, caso isso aconteça, a responsabilidade será de quem entregou esse medicamento. 

Interessante analisar as fotos de salões decorados com os extintores escondidos por lounges ou imensos arranjos florais e porta de emergência interditada com mesas de convidados. 

Achei incrível essa Palestra, valeu demais tudo que ele explicou.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

O CORPO FALA

No mundo corporativo "cruzar os braços" não é elegante.

Na linguagem corporal ao cruzar os braços você se fecha a qualquer negociação e afasta o seu cliente.

Alguns escritores acrescentam ainda que os braços cruzados na frente do corpo indicam uma variedade de significados, dependendo da situação.

Pode ser uma forma de se resguardar, de mostrar medo, timidez, força ou, em raros casos, o poder (uma fortaleza).

Como também uma pessoa com os braços cruzados pode, simplesmente, ser fria.

De uma forma geral, sempre demonstra uma posição defensiva. 

Sabemos que, em alguns casos e em algumas situações, essa postura é bem confortável, mas deve ser evitada.