MATÉRIAS

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

A EMOÇÃO QUE EU PRESENCIEI

Um momento emocionante que eu desejo dividir com meus alunos e amigos.


Vocês sabem que eu ganhei uma viagem de Navio com o meu marido, para comemorarmos os nossos 30 anos de casamento.

No restaurante as mesas eram separadas por famílias.

No segundo dia de nossa viagem, estávamos no Restaurante almoçando e me chamou a atenção à chegada de um casal, e eu comecei a prestar a atenção neles.

Sempre de mãos dadas, caminhando lentamente e muito bem arrumados e graciosos. 

Ele conversava com ela o tempo todo e ela apenas o olhava sem falar nada.

Logo eu reparei que ela tinha Alzheimer.

A refeição chegava e ele prontamente levantava-se e partia todos os alimentos no prato dela e ajeitava o guardanapo em tecido. 

E assim ele fazia com todos os alimentos que chegavam.

Logo as lágrimas começaram a rolar pelo meu rosto e o meu marido perguntou: 

O que houve? 

E eu respondi: Você promete cuidar de mim dessa maneira?

E ele também começou a chorar.

Um casal que estava na mesa ao lado da nossa viu a minha emoção e comentou que eles também choraram pela mesma razão e nos contaram que ele era um Advogado de 75 anos e ela uma Arquiteta de 70 anos.

Acrescentaram que ele cuidava dela o tempo todo, dava banho na banheira por ela ter pânico de chuveiro e escolhia todos os dias os seus lindos trajes.

Ele jamais deixava de contar histórias para ela que amava ouvi-las, mesmo sem interagir.

O casal teve acesso a essas informações, porque ao passarem por eles a linda Senhorinha pediu um abraço e eles deram, e foi a partir desse momento que começaram a conversar com o Advogado.

Um dia eu assisti ao Filme

“Diário de uma Paixão” 

Esse filme narra exatamente tudo isso que eu presenciei no Navio e que mexeu demais comigo.

O verdadeiro amor ultrapassa qualquer situação.

A cumplicidade. 

O companheirismo.

O carinho.

Tudo isso é casamento.

Trago comigo a falta da oportunidade de tê-la abraçado.

Fatima Ziegler
Professora de Protocolo Etiqueta e Postura
Professora de Cerimonial Social
21 - 22342943 / 987263276


sexta-feira, 16 de dezembro de 2016


CURSOS DE FATIMA ZIEGLER
JÁ AGENDADOS PARA 2017


BELO HORIZONTE – 30 de janeiro de 2017 – Passo a Passo do Cerimonial Social com a Presença do Protocolo com Fatima Ziegler.

BRASÍLIA – 06 de fevereiro de 2017 – Passo a Passo do Cerimonial Social com a Presença do Protocolo com Fatima Ziegler

SÃO PAULO – 20 de fevereiro de 2017 – Cerimonial Corporativo com Fatima Ziegler.

Informações e Inscrições: MHF Assessoria em Treinamentos
(21) 4063-9510 – (11) 4210-0376 
VAGAS LIMITADAS - Garanta já a sua 
Solicite informações por e-mail - mfassessoriaemeventos@gmail.com

SÃO PAULO - 14 de Fevereiro 2017 - Etiqueta e Postura
SÃO PAULO - 15 de Fevereiro 2017 - Cerimonial Avançado
Informações - Alessandra Operação Casamento.
E-mail: alessandra@operacaocasamento.com.br

LIMEIRA - SP - 07 e 08 de Março de 2017
Etiqueta e Postura Social e Corporativa
HOTEL JWF - Limeira - SÃO PAULO.
Informações: Eliana Pedron
Telefones: 19 - 30393731 / 19 - 991778410

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Hoje eu sei que a vida se resume em

 MOMENTOS...

Vamos viver intensamente todos

os segundo de nossas vidas.

Fatima Ziegler
Professora de Etiqueta e Postura
Professora de Protocolo e Cerimonial Social

domingo, 11 de dezembro de 2016

DETALHES IMPORTANTES.

Texto e opinião de Fatima Ziegler.

Como convidados, não façam selfie na Cerimônia de Casamento.

Não fiquem no caminho do cortejo fotografando, seja na frente ou atrás dos Noivos, não importa. Simplesmente não façam isso.

Existem profissionais contratados para esse serviço.

Atualmente as mais lindas fotos são destruídas por causa do excesso de aparições de convidados que se colocam em cena, exatamente no caminho do cortejo.

Ao chegarem atrasados para a Cerimônia Civil ou Religiosa, não tentem entrar pela porta principal, alegando serem melhores amigos dos Noivos, ou na intenção de verem a entrada da Noiva. Entrem pelas laterais ou aguardem a completa entrada da Noiva. Assim não atrapalham o serviço dos profissionais.

É importante que as mães e madrinhas saibam que o cerimonialista contratado irá ajeitar e abrir a cauda e o véu da Noiva logo que possível. Caso não tenha sido feito, é provavelmente porque o cinegrafista está virado para o profissional. Assim que as posições forem retomadas, as recepcionistas entrarão em cena para ajeitá-los.

Não será necessário que as mães e madrinhas se curvem para esses serviços.

Não fiquem aflitas.

Ao serem convidados para um Casamento analisem bem o traje que usará. Tenham respeito ao acontecimento e pensem com carinho sobre o assunto.

Se o casamento acontecer em uma cidade do interior do nosso país não julguem que será uma festa simples, porque isso não condiz com a realidade e tão pouco dá a liberdade de vocês causarem algazarras e transtornos no evento, como ocorreu há pouco tempo.

Até chamaram os organizadores de “caipiras”.

Respeito é bom e serve para todos.

Para as Tias dos Noivos, sabemos o quanto vocês são amadas pelo casal e o quanto estão emocionadas com esse lindo acontecimento, mas não insistam em beijá-los antes da Cerimônia e antes das fotos oficiais. Essa situação poderá acabar com a maquiagem da Noiva, correndo-se o risco de retirar o seu véu com qualquer forte abraço e sujar de maquiagem o traje do Noivo.

As criancinhas que acabaram de nascer na família são fofas demais, mas crianças acima dos seis anos de idade são ideais para dama e pajem.

Aqueles carrinhos em madeira ou motorizados não estão sendo bem-vindos pelos Celebrantes.

Triste é ter o conhecimento de que, diante disso, o cortejo fica ameaçado de terminar, voltando o Noivo a sair da sacristia, posicionando-se no altar.

Hoje recebi muitas fotos de recentes Casamentos e tive grande decepção.

Como poderia ficar feliz vendo que as lapelas mudaram de local e agora são localizadas no peitinho do Noivo, dos Pais e Padrinhos, próximo ao umbigo ou dentro do bolso do paletó?

Um verdadeiro terror.

Profissional, suponho que você jamais tenha feito algum curso, até porque muitos de vocês justificam não existir essa necessidade por já terem enorme conhecimento sobre o assunto.

Se todos estivessem realmente prontos, como afirmam, para exercerem corretamente sua função dentro do honrado Cerimonial Social, eu não receberia tantas fotos com fortes e vergonhosos erros.

Para finalizar, não poderia deixar de mencionar uma cena imperdoável.

A Noiva lindamente em posição com seu Pai na porta da Igreja e as recepcionistas “esparramadas” em cadeiras ao lado da Noiva.

É exatamente essa a situação. Não estavam sentadas (até nem deveriam estar), estavam realmente largadas nas cadeiras na porta da Igreja.

O que se passa na cabeça de profissionais com esse perfil?

Acham que ninguém irá reparar?

Acham que é normal essa postura e que a Noiva não está observando ou que a pessoa que fotografou não irá divulgar essa situação absurda?

Eu ficaria aqui escrevendo por um ano, mas finalizarei com um gostinho de decepção.

Ver os clientes desejando fazer qualquer coisa e o profissional aceitando por falta de grana, é triste.

Alguém que alega ter tanto conhecimento na área e é incapaz de localizar o ponto “G” de um paletó.

Enfim, vamos caminhar que tudo isso um dia terá final feliz.

Com carinho e respeito.
Fátima Ziegler Ziegler Dore
Professora de Cerimonial Social.
Professora de Etiqueta e Postura.
#fatimaziegleramacerimonial
#fatimazieglercasamentos
21 - 22342943 / 987263276

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Feliz eu estou e feliz eu sempre serei.

Dormi e sonhei que a vida era só alegria, despertei e vi que era também felicidade.

Quando comprovei que eu vivo intensamente essa realidade, pude constatar o quanto sou feliz por viver o meu dia a dia com muito amor e concretas realizações.

Elas passam pela minha mente, se mostram nos riscos de um papel e se concretizam oficialmente diante do meu ofício.

A alegria da alma constitui nos belos dias da vida, seja qual for a época e qual for a sua opção, desde que o meu ser se encontre com o meu saber.

Não há satisfação maior do que aquela que sentimos quando proporcionamos alegria aos outros.

Em toda minha vida profissional, jamais acreditei em estrelismo.

Não existe mérito em um só indivíduo.

Sempre trabalhei em equipe.

E se hoje sou reconhecida pelo meu trabalho, é por ter sabido despertar em meus colaboradores e em meus parceiros o pleno uso de suas qualidades.

A minha Estrada é repleta de queridos alunos em busca do conhecimento, da técnica, do amor e da sensibilidade acima de tudo.

Tenho a honra de mostrar para cada um que o AMOR e a EMOÇÃO estão unidos em nossas profissões, sem eles não alcançaremos o sucesso.

É uma verdadeira vitória.

Professora de Cerimonial Social
Professora e Consultora de Etiqueta e Postura.
21 - 22342943 / 987263276


sexta-feira, 2 de dezembro de 2016


Cerimonial ao lado da emoção

O casamento é, talvez, o evento social mais importante na vida das pessoas que optam por esse compromisso e por ser uma ocasião especial, os preparativos são organizados com muito carinho e cautela, para que tudo saia como o esperado.

Todos os casais desejam que a festa de casamento seja um sucesso e que os convidados possam guardar apenas boas lembranças desse dia memorável.

Diante da realização de um grande sonho, a presença do Cerimonial Social será fundamental e, para que seja realmente a realização de um sonho, o Cerimonial deverá ter talento e saber trabalhar dentro do Protocolo e dos verdadeiros Rituais Religiosos, compreendendo e transmitindo o passo a passo das verdadeiras emoções.

Como eu sempre caminho ao lado da sensibilidade e o casamento é a moldura para tantos nobres e verdadeiros sentimentos, falaremos agora sobre o momento em que a Noiva vem no carro com o seu Pai.

Nossa! É uma emoção forte demais. Parece que passa um filme naquele momento. O coração acelera, o pai olha nos olhos daquela menina que cresceu tão rápido, deseja falar tantas coisas, mas a voz não sai.

Não é necessário transmitir com a voz, porque os olhos falarão fortemente: “Filha, siga agora o seu caminho ao lado do homem que você escolheu para amar e seja muito feliz”.

O carro segue lentamente em direção à cerimônia religiosa e lá estará o Cerimonial ou a Assessora/Assessor aguardando para recebê-la, sempre com um sorriso sincero emoldurando o rosto e com as palavras chaves na ponta da língua:

“Tudo bem? Você está pronta? Vamos começar?”.

Vestido ajeitado.

Buquê posicionado.

Olhos lacrimejando e, daí, o último olhar de solteira para o Pai, quando, de repente, surgem às palavras mágicas:

“Obrigada meu Pai, eu te amo”.

Vocês Noivas vivem a emoção do dia, no entanto, a/o Cerimonialista e Assessora do seu Casamento se envolvem e participam ativamente de toda essa atmosfera que envolve o mais nobre dos sentimentos.

Contrate uma Assessoria/Cerimonialista de Casamento para que o dia mais importante de sua vida seja repleto de sucesso.

Com carinho.

Professora de Cerimonial Social.
21 - 22342943 / 987263276

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

A DIFERENÇA DO FOTÓGRAFO
 PARA O CINEGRAFISTA

Pediram muito que eu escrevesse sobre um assunto que está chateando extremamente (não é pouco) os profissionais de Casamento.

Os Cerimonialistas estão dando inicio ao cortejo de Casamento sem avisar aos fotógrafos e aos cinegrafistas.


Eu sempre soube que alguns profissionais se acham superiores e que costumam agir com uma arrogância sem limite. O que não é interessante, até porque, somos uma única equipe.

É uma infeliz decisão esquecer que trabalhamos em harmonia, temos que manter o respeito com os demais profissionais envolvidos no evento, mesmo que não sejam aqueles com os quais você adora trabalhar, pois o respeito fará parte do sucesso do seu trabalho.

Comentarei sobre uma situação delicada que vem acontecendo nesses últimos meses, certamente pela falta de atenção dos Cerimonialistas que, quando iniciam o cortejo, não se dão conta de que o fotógrafo ainda se encontra lá fora fotografando a noiva no carro com o Pai.

Vocês acreditam que isso vem acontecendo com freqüência?

Imagino que vocês desejam perguntar: E aí, o que aconteceu?

Eles perderam as entradas e não registraram o cortejo dos padrinhos.

Quando o fotografo se deu conta da situação e perguntou qual foi o motivo de não ter sido avisado, recebeu como resposta: Ah, eu achava que o cinegrafista fosse o fotografo.

Oi ???

Vamos respirar profundamente antes de começar uma Cerimônia de Casamento e avisar para:

Fotógrafo
Cinegrafista
Coral
Celebrante
Recepcionistas

A cerimônia religiosa é um momento de extrema concentração e que não tem como “rebobinar” os movimentos e os momentos mais emocionantes.

Pense bem no ofício que você está exercendo.

Pense bem o quanto você é responsável pelo emocional de todos.

Pense bem na responsabilidade assumida, sem ter o devido conhecimento.

Pense bem que o seu sucesso será informado para todos assim como o seu erro.

Cerimonialista não é um brinquedo para fazer fila.

Desejo, de coração, que isso sirva de alerta para que não vire um hábito: as falhas de comunicação.

Com carinho.

Professora de Cerimonial Social.
Professora de Protocolo, Etiqueta e Postura.
Ama o Cerimonial.
21 - 22342943 / 987263276



terça-feira, 22 de novembro de 2016

UM MERCADO SEM HORIZONTE


A cada Curso ouço relatos sobre um trabalho sem horizonte.

Tenho visto olhares sem brilho. 

Sempre achei que o horizonte estava nos olhos e não na realidade.

Hoje posso afirmar que os olhos não alcançam mais o horizonte.

Um caminho que está difícil de ser acertado por mérito.

Converso com todas as turmas para saber a respeito da realidade financeira de cada região do nosso país, principalmente, sobre os honorários recebidos para os serviços prestados.

A resposta é sempre a mesma: “Estamos vivendo um momento de desvalorização profissional, diante das pessoas que estão entrando no mercado para fazer um bico”.

E a surpresa maior é saber que esse bico está custando muito pouco.

Os alunos comentam que não conseguem mais receber um valor digno pelos serviços prestados.

Fiquei surpresa com a falta de ética ao saber que, todas as propostas passam pelas mãos de diversos concorrentes, que oferecem cada vez menos, para pegar os serviços.

Concorrentes sim, mas parceiros jamais serão. 

Vivemos sob o mesmo céu, mas nem todos teremos o mesmo horizonte...

Perplexa.

Surpresa.

Assustada.

Não é justo ver profissionais capacitados lutando para receber tão pouco e sem conseguir.

Triste também é vê-los driblar a falta de qualidade de um mercado tão “sujo”.

Não pensem que estou falando de política. Não é nada disso. Estou me referindo aos clientes que estão fazendo escolhas erradas, visando apenas os baixos custos e que, em troca, estão recebendo péssimos serviços.

Será que um sonho está custando tão pouco?

Às vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas... O tempo passa e descobrimos que grandes eram os sonhos e as pessoas eram pequenas demais para torná-los reais!

Sempre estarei ao lado de vocês.

Farei o que estiver ao meu alcance para reverter tudo isso. Incentivá-los. Orientá-los.

Não quero sentir a falta da luta por um dia melhor.

Desejo que lutem por tudo aquilo que vocês amam fazer. 

O melhor da vida é fazer o que se ama.

Não desistam!

Nascemos para vencer.

Eu adoro esse pensamento: “A felicidade é igual a uma borboleta, quanto mais você corre atrás mais ela se afasta. Daí um dia você se distraí e ela pousa no seu ombro.”

Fatima Ziegler

Professora de Cerimonial Social

Professora de Etiqueta e Postura

Defensora do Cerimonial Social.
21 - 22342943 / 987263276


domingo, 20 de novembro de 2016

PADRES - Atenção.


Essa é uma mensagem para todos os Padres que estão proibindo o trabalho dos Cerimonialistas dentro da Igreja.

Concordo que essa proibição deverá existir para todos aqueles que não conhecem os Rituais Religiosos ou para todos aqueles que não se comportam de forma adequada (palavras, atitudes ou trajes) dentro de um Templo Religioso.

Para que isso aconteça respeitosamente, deverá haver uma conversa contendo regras e, tenha a certeza, de que será corretamente bem-vinda, mas colocar o profissional na calçada, não permitindo que ele adentre ao Templo, isso não é justo e tão pouco é uma atitude de um Religioso.

Todos temos superiores e devemos respeito a eles, principalmente no seguimento das Regras Oficiais do nosso ofício.

Aproveito essa oportunidade, para repassar algumas palavras do seu Superior Papa Francisco, para que haja uma reflexão em seu coração e, sinceramente, espero que compreenda o que ele quis falar ao seu ouvido.

PAPA FRANCISCO ENCERRA O JUBILEU COM A SEGUINTE MENSAGEM:

"A porta da misericórdia estará sempre aberta".

Papa Francisco disse que "muitos peregrinos atravessaram as Portas Santas e, longe do fragor dos noticiários, saborearam a grande bondade do Senhor”.

Embora se feche a Porta Santa, ELA CONTINUARÁ sempre ESCANCARADA PARA NÓS RELIGIOSOS que respeitamos todos os passos dos Rituais Religiosos.

O Santo Padre (PAPA) convidou a todos a graça de "NÃO FECHAR JAMAIS as portas da reconciliação e do perdão, mas saber ultrapassar o mal e as divergências, abrindo todas as vias possíveis de esperança".

Vamos repensar nas atitudes?

Defensora dos Direitos do Cerimonial Social
Professora de Etiqueta e Postura
Professora de Cerimonial Social

x

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

DESABAFO NECESSÁRIO

Vamos falar de trabalho.

Vamos falar claramente de Cursos e sub-Cursos.

Se vocês se propõem a dar aulas, tenham base para que isso seja realizado com segurança. 

E, para que isso aconteça, tenham, primeiramente, pleno conhecimento sobre o assunto.

Não se arrisquem a fazer o que não sabem, apenas porque precisam de dinheiro. 

Não é justo deixarem centenas de profissionais sem a menor base de conhecimentos.

Acima de tudo, jamais usem o material dos verdadeiros Professores como sendo seus, isso é um um enorme risco para a sua carreira e para a sua falta de Ética.

Não queiram abraçar o mundo fazendo do "alfinete ao foguete" sem ao menos, saberem fazer o trivial (um trabalho sem a menor qualidade).

Tenho realizado muitos trabalhos pelo nosso País e também fora dele, e posso afirmar que jamais deixei alunos sem respostas, pois eu domino plenamente tudo aquilo que me proponho a realizar.

Não consigo ver alunos que participaram de diversos cursos e que continuaram sem rumo. Sem saberem o que fazer. Sem saberem em que momento eles se perderam.

No momento que eu sinto isso em sala de aula, e vendo que eles não se perderam, sabendo que eles simplesmente foram enganados, eu imediatamente tento ajudá-los ao máximo em sala, e também após as aulas.

Isso NÃO pode mais continuar.

Repensem nessas pessoas que desejam fazer o melhor no mercado.

São Profissionais queridos que desejam ter o retorno em cima dos valores pagos, pois eles acreditavam em vocês.

Peço desculpas pelo meu desabafo, mas é necessário para que VOCÊS, repensem no que estão fazendo e estudem mais para poderem ensinar.

Qualquer coisa é o mesmo que ZERO.

Não brinquem com o ser humano !

Fatima Ziegler.
Professora de Etiqueta e Postura.
Professora de Cerimonial Social.
21 - 22342943 / 987263276

domingo, 6 de novembro de 2016


Um costume nada elegante:

Segundo o Feng Shui, esse gesto é bem negativo. 

Existe até um antigo provérbio chinês que diz:

“A bolsa no chão é dinheiro fora da porta”.
Nem precisa se preocupar tanto com a elegância das pernas, quando a deselegância com a bolsa, sendo colocada no chão,
é acentuada.

Professora de Etiqueta e Postura.
21 22342943 / 987263276


quinta-feira, 3 de novembro de 2016

CONGRESSO SOBRE

PROTOCOLO EM

LISBOA - PORTUGAL




Cascais - Portugal - Ao lado do atual 
Presidente de Portugal





No Brasil, ao lado do Chefe do Cerimonial da
Presidência da República



CONGRESSO EM

CAMPINAS SOBRE

CERIMONIAL SOCIAL


A minha carreira seguiu por um caminho muito especial, com pessoas incríveis, talentosos e admiráveis profissionais.

Sinto-me honrada e agradeço a cada dia pelo sucesso do meu ofício.

Fatima Ziegler 
Professora de Cerimonial Social
Professora de Protocolo, Etiqueta e Postura
21 - 22342943 / 987263276

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

PROFUNDO DESABAFO DE UM FREI

Tive acesso a uma carta escrita pelo Frei Ederson Queiroz – Cidade de Patrocínio - MG.

AQUI É A OPINIÃO DE FATIMA ZIEGLER:

Identifiquei em suas palavras muita sensatez dentro dos sentimentos religiosos que estão se afastando da Celebração de um Casamento, e que estão cedendo a vez para a fantasia, parafernália, brincadeiras e com elementos que adentram a celebração e que não condizem absolutamente nada com um templo religioso.

Por outro lado, eu não concordei com algumas citações do Frei, quando se refere a ”ostentação”.

Se for falar sobre ostentação, teremos que explicar as taças em ouro que os Padres e Papas tomam o vinho. Ou o excesso de ouro que reveste o interior de uma Igreja Católica.

Sou católica e isso não é uma crítica, é apenas um comentário diante da publicação da carta do Senhor Frei.

As placas “Lá vem a Noiva” é o mesmo que secar gelo, pois quando as crianças surgem já é o aviso de que a Noiva irá entrar.

No entanto, quando uma outra placa informa para o "Noivo fugir enquanto é tempo" está claro que, pela parte jurídica, esse Casamento deveria ser imediatamente cancelado, já que ambos deveriam estar de comum acordo para o Ritual Religioso.

O mesmo acontece quando o Noivo escreve na sola do sapato “Socorro” ou “Help me”. E mais uma vez, pela Lei, esse casamento também teria que ser cancelado, já que a união só é permitida quando os dois estão de acordo, no entanto, quando um deles está pedindo SOCORRO através de um código mundial, o Casamento não poderá ser realizado.

AQUI COMEÇA A CARTA DO FREI

Abaixo a carta do Frei Ederson Queiroz. (Não foi alterada).

"Há poucos dias assisti um matrimônio (nomenclatura da função do padre na Celebração), tão simples, tão aconchegante, tão orante, que fiquei pensando: meu Deus, existe de fato uma indústria do casamento! Arrumam uma parafernália que tem de tudo, menos celebração religiosa. A Igreja tornou-se uma passarela de desfile de moda, o desfile das vaidades. Cerimoniais ditam as normas, crianças são abusadas para o orgulho dos pais como pagens e damas, fotografar e filmar é muito mais importante do que celebrar o momento presente. Liturgicamente que sentido tem as plaquetas; lá vêm o noivo! Será que a noiva virá? Que sentido têm um cãozinho entrar com as alianças amarradas ao pescoço? A Palavra de Deus é um detalhezinho, o padre um ator quase que desnecessário, o bobo da corte. As festas, meu Deus, quantas agressões aos pobres e aos que passam fome, a quem não tem como comprar um remédio. Comidas, bebidas vão pro lixo. Como na Roma antiga, muitos vomitam pra comerem mais. E outros não têm o que vomitar. E ainda ouço: o dinheiro é meu, faço dele o que quero. Este pensamento é pagão, não é cristão. Para o cristão o que sobra em sua vida pertence aos pobres. E todos nos dizemos que somos cristãos. Desejo um dia não ter que "assistir canonicamente matrimônios".... Um matrimônio merece ser celebrado com beleza? Merece! Na tradução da palavra beleza está: onde Deus brilha! A beleza de Deus é simples, pura, sem triunfalismos... Um matrimônio merece uma comemoração, merece! Mas, não podemos agredir aos que passam fome! Um casamento merece recordações? Merece! Mas, não precisam 9 mil fotos para escolher no máximo 200 fotos? (Matéria do Fantástico). Resultado: muitos deixam o casamento religioso pq acreditam que é necessário todas as pompas e circunstâncias...."

INTERESSANTE COMENTÁRIO DO FREI EDERSON QUEIROZ

21 - 22342943 / 987263276

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

FALHAR É TERRÍVEL

Errar é humano.

Falhar é errar novamente.

Isso sim que é preocupante.

Pense grande sem falhar.

Foco.

Disciplina.

Organização.

Fátima Ziegler Ziegler Dore
Professora de Etiqueta e Postura.
#treinamentocorporativoesocial




É T I C A 

Jamais poderemos ter dúvidas no caminho

correto para a ÉTICA.


Colocar limites naquilo que você faz sempre

respeitando regras morais e de bom

relacionamento.

O convívio tem que ser agradável.

Pense nisso.

Fatima Ziegler
Professora de Protocolo, Etiqueta e Postura
Professora de Cerimonial Social
21 - 22342943 / 987263276


segunda-feira, 10 de outubro de 2016

PEÇAM PAGAMENTO ANTECIPADO

Por onde eu estive sem perceber esse fenômeno de entregar sem receber?

Vocês acham mesmo que receberão depois do evento?

Não acreditem mais nisso.

Tenho recebido muitas e muitas mensagens me questionando sobre como proceder numa situação como essa.

Sempre mencionei em meu contrato o valor dos serviços que seriam prestados e a forma de pagamento.

Afirmava que a última parcela seria quitada trinta dias antes do evento, o que sempre aconteceu.

Jamais abri mão dessa cláusula.

Posso afirmar, sem demagogia, que eu jamais levei calote de fornecedores ou de clientes.

Todos foram muito queridos assumindo os seus compromissos financeiros.

E hoje? O que mudou?

Afinal, o que está acontecendo?

A ausência de comprometimento ao solicitar produtos e NÃO pagar por eles está maior a cada dia.

E as desculpas para a falta do pagamento são as mais variadas e cômicas, do tipo:

• Estou devendo algo?
• Nem me lembrava disso!
• Quanto mesmo eu devo?

Amigos, eu pergunto:

É natural que o povo se ache no direito de usar e abusar do “bom senso” dos fornecedores, fazendo pacotes para eventos, solicitando produtos a diversas categorias e não pagar por eles?

Como será que vocês acham que essas pessoas conseguirão pagar as próprias despesas, a luz, a escola dos filhos, alimentação, entre outros itens?

E um detalhe que não posso esquecer de comentar:

“É justo tirar onda no Facebook, mostrando o estiloso evento?”

Será que teremos que abrir um processo de FESTALÃO?

Não adianta ficar trocando os fornecedores e deixar dívidas pendentes, pois logo o seu nome estará na lista de devedores.

Sejamos mais sensatos, honrando os nossos compromissos.

Fátima Ziegler Ziegler Dore
Professora de Etiqueta e Postura.
Professora de Cerimonial Social.
Apaixonada por Casamentos.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

O RASCUNHO DO MERCADO

Analisando o Mercado de Eventos, eu comecei a avaliar alguns profissionais que se perderam ao longo do caminho.

Levam o que com tantas críticas, inverdades, clonagem e “tititi inbox”?

Posso afirmar que nada disso aconteceu comigo, mas fico triste ao saber que diversos amigos estão passando por momentos não tão felizes.

A prática de erros tornou-se presente.

A prática dos acertos tornou-se ausente.

Começaram-se a cobrar valores baixíssimos para se conseguir trabalho.

Oferecem-se todos os tipos de serviços sem a menor qualidade.

Pergunta-se o valor que o outro profissional cobra para oferecer um valor menor.

Em outras ocasiões, envia-se e-mail se passando por clientes.

São atitudes vergonhosas.

Ledo engano achar que podem enganar alguém com o avanço da tecnologia. O mais engraçado é que os “causos” são comentados em grupos de amigos.

E por aí vão os absurdos...

Pensei quais poderiam ser as razões para que tal situação acontecesse.

Será que foi porque não se atualizaram?

Será que foi por falta de adaptação à modernidade?

Incompetência?

Credibilidade?

Insensatez?

Maldade?

A partir do momento que eu passei a observar atentamente todas as palavras que são lançadas ao vento é que eu compreendi o quanto é fundamental ter consciência da capacitação.

A percepção que o ser humano possui do que é moralmente certo ou errado em atos e motivos individuais toca o coração dos justos.

Ao melhor olhar para o ser humano a pessoa sentirá muita garra e o desejo de vencer, e terá dentro de si a honrosa ética.

Atitudes que foram esquecidas.

A atualização é o melhor caminho antes que o tempo atropele os seus sonhos.

Não posso deixar de mencionar que, quando navego pelas redes sociais, sinto uma linguagem fria, grosseira, quase ultrapassando a linha da impassibilidade.

Não existe uma fórmula de isolamento para se fortalecer, ao contrário, quando você menos mostrar que é capaz, você será rapidamente esquecido.

Quando você mais mostrar que é capaz, será ainda pior.

Nem todos podem tirar um curso superior. Mas todos podem ter respeito, alta escala de valores e as qualidades de espírito que são a verdadeira riqueza de qualquer pessoa.

Não temos o direito de magoar as pessoas ou de julgar negativamente os seus produtos, principalmente se a sua opinião não foi solicitada.

Tenho mil motivos para escrever tudo isso, pois não gosto de ver pessoas pelas quais tenho apreço sendo magoadas.

Repensem tudo o que forem escrever.

Não falem sobre o que desconhecem.

Professora de Cerimonial Social.
Etiqueta Boas Maneiras e Cerimonial Social 
21 - 22342943 / 987263276

domingo, 25 de setembro de 2016

SER UMA MULHER ELEGANTE


É saber chegar...

É saber ficar...

É saber se retirar no momento correto.

É saber falar pouco.

Usar o traje certo para cada ocasião.

Falar baixo e ter um lindo sorriso no rosto.

Não gargalhar.

Ser gentil com todos.

Não abrir novas páginas para tomar conta da vida alheia.

Usar uma bela sandália com salto alto sem perder o equilíbrio.

Saber ser sincera, sem magoar.

É viver uma vida verdadeira sem ser uma pessoa "fake".

Tenham uma linda semana.


Professora de Etiqueta e Postura
Boas Maneiras

21-22342943 / 987263276


quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Seja apenas VOCÊ.

Senti muita vontade de escrever sobre esse assunto, pois tenho pensado muito a respeito.

Vejo que as pessoas estão se fechando em grupos e casulos (capa protetora) apenas para falar mal de trabalhos, eventos, cursos, palestras. Enfim, a função desse grupo é apenas “falar mal”.

Geralmente é um grupo formado de pessoas que não se destacam, não crescem na vida pessoal (e muito menos na vida profissional) e acham que o caminho mais fácil é ficar de “mi mi mi” o tempo todo.

O meu desejo, ao escrever sobre esse assunto, é tentar alertar sobre tudo isso.

Reveja se você está adorando essa situação ou se é inocente demais ao ponto de se deixar levar por papinhos vazios.

Imagino que muitas pessoas se envolvam nessa situação achando que estão no caminho do sucesso ou dentro de um grupo “master, top, mega do mercado”, e não se tocam que estão caminhando para um enorme precipício.

Falar menos e ouvir mais é sempre o melhor caminho.

Quem não lê, mal ouve, mal fala e mal vê.

Até hoje eu já participei de centenas de cursos, palestras, eventos, coquetéis, workshops, seminários, colóquios, debates, e muitos foram insuportáveis, mas valeram a pena para que eu pudesse saber quem entende sobre o assunto e quem apenas joga inverdades para a plateia.

É importante para eu saber que lá não mais estarei.

O grande perigo da pessoa insegura é absorver o que não é verdade (jamais será o meu caso).

É o perigo de acreditar nas maldades e perder grandes oportunidades.

Sempre tomei as melhores decisões “entre mim e mim” – jamais precisei da terceira pessoa presente.

Posso afirmar que sou muito feliz com as decisões tomadas. 

É importante registrar que nada aconteceu comigo, ao contrário, sou recebida com muito carinho em cada pedacinho desse mundo lindo que tanto amo.

Por cada pessoa que eu passei eu deixei o meu carinho.

É por gostar tanto de vocês e ter um sentimento muito especial por cada um que fico questionando até onde valerá a pena você participar de grupos tão ausentes de conhecimentos.

Por toda a minha carreira, eu sempre viajei sozinha para fazer diferentes cursos que eu achava que seriam importantes para a minha vida profissional. Posso afirmar que eu jamais me arrependi, mesmo que muitos desses cursos tenham sido péssimos, mas, mesmo assim, todos valeram a pena.

Resumindo:

Faço o meu pedido para você:

Não se iluda com tudo o que for melhor para as outras pessoas, porque poderá não ser o melhor para você. 

Diante disso, a carruagem estará passando com as melhores oportunidades e você não prestará a devida atenção. 

O tempo passará. 

A sua vida passará. 

O grupo passará.

E você nada será.

Eu falo tudo isso porque eu te gosto muito.

Fatima Ziegler
Professora de Cerimonial Social
Professora de Etiqueta e Postura
21 - 22342943 / 987263276
e-mail: fatimaziegler@outlook.com


PULANDO O PROFISSIONALISMO E

CAINDO NA ARROGÂNCIA...

As pessoas e as conversas sinceras in box são tão amorosas.

Palavras que soam dentro do coração e que, muitas vezes, não seriam tão bem recebidas se fossem postadas no feed (em aberto).

Por que a liberdade de expressão não é respeitada ?

Já comentei que as mensagens que recebo daria uma linda história de vida com personagens que amam o que fazem e que sonham com o respeito e com a ética.

Sim. Eu disse sonham, porque a ética está se afastando cada vez mais das pessoas.

Há 30 dias, uma profissional estava muito triste, porque tinha realizado uma reunião com os Noivos e tudo ficou acertado para que ela fosse contratada.

Após alguns dias, os clientes resolveram fechar oficialmente com outra profissional. Até aí eu acho normal, mesmo que não seja moral, porque eu costumo dizer que o contrato de bigode é o que mais vale, porém, é um direito do cliente fazer o que achar melhor.

A outra pessoa não satisfeita por ter sido a escolhida para fazer o evento e ter fechado o contrato por um valor bem menor, e com outras ofertas absurdas, resolve ficar nas redes sociais humilhando a profissional por ter perdido o cliente para ela.

Meu Deus, o que é isso?

Que falta de respeito. Falta de amor. Falta de educação. Falta de vergonha na cara. (e outros nomes que eu prefiro ficar quieta).

A pessoa chorava comigo in box pedindo ajuda para acalmá-la e para orientá-la a fazer algo.

Sabe o que eu respondi?

Não faça absolutamente nada. Fique quieta que a vida irá responder por você.

Essa é apenas uma das milhares de mensagens que eu tenho.

A vida não é feita de arrogância.

Fica a dica!

Cerimonial.
RUMO AO ALTAR


O Evento Rumo ao Altar aconteceu nos dias 31 de agosto e 01 de setembro de 2016, em Brasília.


O evento foi muito bem organizado e planejado pela Profissional Luciana Rocha.

Fatima Ziegler, Luciana Rocha e Carlos Brant

Fatima Ziegler e Carmem Zitta


Contou com oito excelentes Palestrantes, entre eles o queridíssimo Padre João Firmino.

Fatima Ziegler, Liandra Zanette e Virlandia Maria


Fatima Ziegler e Felipe Carvalho

Rumo ao altar, está proporcionando excelência na performance dos profissionais que atuam no mercado de casamentos. O evento acontece hoje e amanhã na paróquia do Verbo Divino, realização Providência Cerimonial

Palavras de Luciana Rocha

Fátima Ziegler Ziegler Dore é referência internacional em cerimonial social, protocolo e etiqueta.

Querida e generosa, arrebata corações com seu carisma por onde ministra palestras!
Fatima Ziegler é Rumo ao Altar!



Palavras de Anislady Sousa

Estive em Brasília para participar do evento Rumo ao Altar sob a organização de Luciana Rocha, da Providência Cerimonial. O evento teve a presença de vários profissionais da área, que se reuniram durante dois dias para ouvir grandes mestres e profissionais renomados. 

Foram 17 horas de grande aproveitamento. Sempre que ouço a Fátima Ziegler Dore, uma das palestrantes do evento, vejo a necessidade de aprender e aperfeiçoar constantemente. 

Existe uma enorme responsabilidade em nossos ombros quando assumimos a missão de lidar com os sonhos das pessoas e ainda zelar para que os protocolos e ritos religiosos sejam cuidadosamente respeitados em um dia tão especial como o casamento. 

Por isso prossigamos sempre na busca pelo conhecimento e assim seremos profissionais de sucesso.

O resultado desse evento?

"SUCESSO TOTAL"



Fatima Ziegler
Professora de Etiqueta e Postura
Professora de Cerimonial Social
21 - 22342943 / 987263276
E-mail: fatimaziegler@outlook.com