MATÉRIAS

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

NOIVA E NOIVO.


ENTRE O "SIM" e o "NÃO" - 

FAÇA SEMPRE O CORRETO.


SIM.


Chegar pontualmente no local da cerimônia.

Noiva atrasar já caiu de moda e não tem mais graça (será que em algum dia essa atitude foi moda ou foi engraçada?). 

E, muitas vezes, custa bem caro esse atraso, e eu concordo com todos os procedimentos financeiros, para que jamais aconteçam atrasos.

Quando mexe no bolso a elegância se atualiza.

Escolher o melhor traje para os pais e os padrinhos. 

Não desejando usar o meio fraque, indique o terno preto acompanhado da camisa social branca e a gravata cinza lisa e o lenço da mesma cor da gravata, sendo colocado com a arrumação quadrada dentro do bolso, e não mais em forma de triângulo.

As mães dos noivos devem manter a elegância, esquecendo um pouco da sensualidade. 

Lembrando que, após a noiva, que é a maior estrela do momento, as mães estarão em destaque no altar.

A acomodação na recepção deverá ser para todos os convidados.

O lounge é interessante e movimenta bem a festa, mas pensar nas pessoas de idade é uma maneira delicada de dizer “obrigada pela sua presença”.

Após o Casamento, agradeça corretamente aos presentes recebidos. 

Escolher as damas com idade acima de seis anos ou faça a opção de duas damas adultas que ficarão lindas abaixo do altar, como acontece nos mais nobres casamentos da Monarquia.

Presentear os padrinhos como agradecimento é uma linda amabilidade, e esse presente deverá ser feito no ato da entrega do convite oficial para o casamento.

Jamais entregar os presentes no dia do Casamento. 

Isso é um transtorno.

Escolha o vestido de noiva que componha o seu corpo, o seu sonho, o horário da celebração e o local da recepção.

E o mais importante: Sentir a emoção de cada segundo que esse dia representará em sua vida.

Ao deixar o ninho, retire com cautela as suas roupas do armário. Os seus pais estão sofrendo sem que você veja.

Aproveite muito a sua festa sendo delicada e cordial com os convidados e com os profissionais.


NÃO

É indelicado anexar ao convite o cartão informando o local que se encontra a lista de presentes, use o site dos Noivos para fazer essa informação, assim como, as cotas de lua de mel. 

Em sua recepção, não ofereça bebidas diferentes para grupos diferentes de convidados.

Na escolha das madrinhas não “determine” a cor do vestido, aguarde que elas se pronunciem – não se esqueça de lembrar que o preto, branco, marfim e floral não são bem vindos no altar.

É perigosa a decisão de não cumprimentar os seus convidados, analise bem essa decisão com a sua família.

Posso afirmar que compreendo plenamente o tempo que se gasta para ir de mesa em mesa sem poder curtir um dia único com um gasto imenso.

Agradecer ao microfone poderá ser o plano B.

Veja se o Presidente da sua Empresa estará presente ou o seu Comandante (caso seja um casamento militar) em caso positivo, os Noivos deverão passar nessas mesas.

O noivo não deve usar traje na cor branca, esse é um privilégio da noiva, então, ceda a vez.

O traje do noivo não poderá ser inferior aos pais e padrinhos.

Não exagere na maquiagem, use produtos bem suaves e deixe que os olhos e a boca sobressaiam.

Convidando para a Cerimônia, convide também para a recepção.

Não deixe a marca de biquíni aparecendo no dia do casamento, o ideal é não se expor ao sol seis meses antes.

Noivos alcoolizados não é elegante, e os pais dos noivos alcoolizados é um absurdo.

Não é difícil ter bom senso.

A vida dará inúmeras oportunidades para colocar em prática o que não é bem-vindo em um Casamento.

Sejam felizes.

Fátima Ziegler Ziegler Dore.
Professora de Etiqueta e Postura.
Professora de Cerimonial Social.
21 - 22342843 / 987263276
E-mail: fatimaziegler@outlook.com

‪#‎casamentocomfatimaziegler‬
‪#‎fatimazieglercasamentos‬
‪#‎fatimaziegleretiquetaepostura‬

sexta-feira, 10 de novembro de 2017


ELEGÂNCIA E POSTURA.

Assunto de aula sobre Etiqueta e Postura Social e Corporativa

Quem pensa que boas maneiras, delicadeza, elegância, etiqueta e postura estão fora de moda, está completamente equivocada.

As regras básicas da etiqueta permanecerão ao longo do tempo e outras se ajustarão a nossa realidade.

Então você pergunta:

Há espaço no mercado para esse tipo de serviço?

Há necessidade de ser uma pessoa elegante?

Lógico que sim!

O seu comportamento mostra que você é uma pessoa elegante, não esquecendo que a sua linguagem corporal e verbal, são os comportamentos mais perigosos, e que tudo isso mostrará ainda mais, a sua verdadeira personalidade.

Elegância é a arte de não se fazer notar, aliada ao cuidado sutil de se deixar distinguir.

A alma não tem segredo que o comportamento não revele, a pessoa pode até tentar enganar, mas não será por muito tempo, pois a elegância é naturalmente agregada ao nosso sorriso (ele não é montado).

É interessante estudar sobre o assunto e compreender que a educação de um povo pode ser julgada pelo comportamento que ele mostra na rua.

A falta de educação nas ruas, será a mesma encontrada nas casas.

Não podemos forçar ninguém a nos amar e a nos honrar, mas podemos conquistar isso com uma postura de firmeza e de gentileza.

Quando tudo isso é colocado em prática, a pessoa sempre será respeitada, tanto profissionalmente quanto socialmente.

As redes sociais denunciam o péssimo comportamento de muitas pessoas que se mostram agressivas, sem talento, arrogantes, invasivas, despreparadas, prepotentes, bizarras, entre tantas outras palavras que se encaixam negativamente ao ser humano, e que por muitas vezes, não são detectadas por eles quando transmitem as suas opiniões.

Jamais confunda sinceridade com sincericídio.

A sinceridade busca ser antes de tudo construtiva.

O sincericídio tem por intuito dizer algo que, intencionalmente ou não, pode e quase sempre vai causar danos.

O triste é que a pessoa que não tem elegância jamais irá se preocupar com os danos causados a terceiros.

Pensem bem antes de falar.

Ouçam e leiam mais e falem e escrevam menos.

Não ajam pelo impulso negativo.

Professora de Etiqueta e Postura.
Professora de Cerimonial Social.
21 - 22342943 / 987263276
A CELEBRAÇÃO DE UM CASAMENTO.

CERIMONIALISTA NÃO É CELEBRANTE.

Qual a diferença de uma Celebração de Casamento com um Mestre de Cerimônias “Celebrante”?

E um Religioso Celebrante?

É apenas aquela pessoa que estuda palavras bonitas para fazer Celebração de Casamento?

O Mestre de Cerimônias que celebra casamentos não tem, não deve e não pode fazer uma cerimônia com conotação religiosa.

Como também não poderá “declarar o casal como marido e mulher”. Não poderá fazer o juramento das alianças.

Todos esses momentos acima citados pertencerão apenas ao casal falar um para o outro o juramento no momento da troca das alianças.

Sabemos que esse Casamento não terá efeito religioso.

Se o casal sonhar com uma celebração exatamente oficial e tradicional dentro das Leis e dos Rituais Religiosos, será importante a presença de um Juiz de Paz e de um Celebrante Religioso.

Sabemos que os Padres não são autorizados a fazerem casamentos fora da Igreja, porém os Pastores são autorizados e alguns até exercem a função de Juiz de Paz, podendo com isso, realizar o casamento religioso com efeito civil no próprio local.

Hoje temos belíssimos momentos fora dos rituais religiosos, que agregam e fascinam as celebrações, sejam no campo, na floresta ou na praia, como por exemplo:

Cerimônia das Areias

Cerimônia das Velas

Cerimonialista tem que decidir de que lado da mesa estará no Evento.

Qual será afinal o seu trabalho.

Fica aqui uma dica importante: Cuidado com aquela pessoa que oferece fazer o seu casamento e diz que falará palavras lindas que tem tudo a ver com você e, no exato momento, nada acontece, a emoção não rola e o constrangimento poderá surgir quando você menos esperar.

Nem todo o Mestre de Cerimônias tem o dom da palavra.

Nem todos os Celebrantes Religiosos tem o dom da palavra.

Então queridos Noivos, vejam sempre todas as celebrações antes do seu casamento, façam a melhor opção e sejam felizes para sempre.

Professora de Cerimonial Social.
Professora de Etiqueta e Postura.
21 - 22342943 / 987263276

quinta-feira, 2 de novembro de 2017




FELICIDADE OU DECEPÇÃO

 COM O TRABALHO

O trabalho é uma das formas de encontrar a felicidade que nos cabe em vida, e daí eu pergunto: Por que tantas pessoas encontram-se tristes e desapontadas no seu labor?

Esta questão, que me interpela enquanto também trabalhadora, é o assunto que mais apavora a todos nós.

Compreendemos que o trabalho tem que ser prazeroso e que o valor recebido deverá suprir sonhos e obrigações.

Fico analisando os comentários que ouço em sala de aula e que deixam-me tão preocupada.

Valores cobrados por alguns Profissionais:

Assessoria Completa para Casamento:
R$1.200,00 ou R$ 800,00

Cerimonial do “Dia”:
R$ 300,00

Cerimonial da “Hora” ou “Express”:
R$ 200,00

Como vocês serão felizes profissionalmente com estes valores?

Imagino o tormento em suas mentes quando deparam com clientes tão amáveis ou descontrolados recebendo tão pouco, e tendo como concorrentes alguns Espaços ou Buffet informando que não é interessante contratar Cerimonialistas.

Identifico as decepções em seus olhares e, ao mesmo tempo, os vejo dentro de um túnel escuro cercado por um labirinto sem saída.

Ficar desapontado ao final de cada trabalho será ainda pior quando analisar que o valor cobrado não restou nenhum trocado.

Decepções sempre irão existir, mas temos que trabalhar nossa mente para superá-las, às vezes nos apegamos a algo além do nosso alcance e deixamos de viver nossa melhor versão.

A verdadeira motivação vem da realização, do desenvolvimento pessoal, da satisfação no trabalho e do reconhecimento aos serviços prestados.

Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você.

E escolher os seus serviços será a solução do mercado.

E para começar uma mudança analise os seus valores e esqueça os valores dos vizinhos.

Vamos modificar esse cenário tão enfadonho.

Vamos reagir.

Professora de Cerimonial Social.
Professora de Etiqueta e Postura Social e Empresarial.
21 - 22342943 / 987263276

sábado, 28 de outubro de 2017

Para encerrar o ano com chave de ouro


Excelência em 

Comportamento e Resultados

com Fabiano Fantin Fátima Ziegler 


11 e 12 de dezembro de 2017 
Rio de Janeiro - RJ

Informações e inscrições por e-mail: mfassessoriaemeventos@gmail.com ou contato@mhftreinamentos.com.br
(21) 4063-9510 - WhatsApp (21) 98132-2123

Será uma linda confraternização


Foto do perfil de Fabiano Fantin, A imagem pode conter: 1 pessoa, terno

Foto do perfil de Vinicius Favale, A imagem pode conter: 1 pessoa

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

EM QUAL CLASSE O MERCADO DE

EVENTOS SE ENQUADRA NO

MOMENTO?

Imagem relacionada

Fatima Ziegler
Professora de Cerimonial Social
Professora de Cerimonial
Professora de Ética
21 - 22342943 / 987263276

domingo, 15 de outubro de 2017

O DESAFIO DE SABER ENSINAR

E PARA ENSINAR TEM QUE TER VIVIDO

Sinto-me decepcionada ao ver cursos e mais cursos sendo ministrados por pessoas com tão pouco para ensinar.

Como poderemos acreditar em um melhor mercado, com profissionais talentosos e com serviços de qualidade, se pessoas tão irresponsáveis ensinam o que não conhecem?

Vejo pelo Brasil cursos sendo oferecidos de porta em porta, com valores de chuchu e com um conteúdo nivelado a zero.

Fico triste pelas pessoas que confiam e pensam que estão diante de pessoas sinceras e com  comprometimento do conhecimento até descobrirem que, de conhecimento, não existe nada.

Tenho plena certeza que jamais farei isso com os alunos. Quando entro em sala de aula, tenho o pleno dever de ensinar e jamais enganar.

É tão fácil enganar-se a si mesmo sem o perceber, como é difícil enganar os outros sem que o percebam.

Fiquem ligados e repensem o que estão fazendo com o ser humano.

Não é justo.

Fatima Ziegler
Professora de Etiqueta e Postura
Professora de Cerimonial Social
Professora de Protocolo
21 - 22342943 / 987263276