MATÉRIAS

quinta-feira, 14 de julho de 2016

CADA UM PARA UM LADO

No inicio da minha carreira existiam os profissionais A B e C.

O cliente já sabia qual era a qualidade e o perfil financeiro que ele deveria procurar.


Hoje, mesmo sem o menor talento, cada um puxa a corda para o seu lado, para depois pensar se terá condições para cumprir.

A corda não cede por merecimento e sim pela força de braço, pela oferta desleal e pelas informações mentirosas.

“A pessoa acaba usando um poder que não existe”.

Muitos podem ter talento, porém, não tem o rumo profissional.

O talento revela-se exatamente porque esconde a sua perfeição.

Para se ter talento é necessário estarmos convencidos de que o temos, para depois analisar a respeito da nossa capacidade.

Não é honesto perguntar quanto que o outro profissional cobrou para poder fazer uma proposta menor. O seu trabalho varia de acordo com as outras pessoas ou ele está paralelo a sua ética?

Talento é quando um atirador atinge o alvo que os outros não conseguem. Profissional brilhante é quando um atirador atinge o alvo que os outros não vêem.

Não consigo acreditar nas pessoas que criam páginas fake para ficar bisbilhotando a vida dos concorrentes. Isso é vazio demais.

Vamos pensar em um mercado mais valorizado, respeitando com dignidade o perfil de cada um.

Com carinho e com esperanças.

Fátima Ziegler Ziegler Dore

21 - 22342943 / 987263276


Nenhum comentário:

Postar um comentário