MATÉRIAS

quarta-feira, 5 de junho de 2013

A TRADIÇÃO DO BOLO DE CASAMENTO

Nos penúltimos casamentos realizados, fiz questão de ficar mais atenta ao bolo e as observações dos convidados sobre esse assunto. 

Como sempre falo que o Cerimonial deve ser eficiente e ao mesmo tempo invisível, as pessoas comentam sem lembrar que você está ouvindo (adoro). 

Eu desejava tirar algumas dúvidas que estavam dentro de mim quanto as modificações que o bolo vem sofrendo no decorrer dos tempos, afinal, o bolo também tem o seu Protocolo. 

Comprovei que os convidados continuam chegando, caminhando até o bolo para ver a sua beleza e para imaginar o quanto deve ser delicioso. 

Continuam contando os minutos para o corte do bolo acontecer para não sair sem o gostinho daquela massa bem macia e com um toque adocicado de boa noite.

Pois é, eu ainda não me acostumei ao ver os garçons carregando o bolo pelo salão, entre os convidados, para chegar até a cozinha e fazer o corte que era feito na frente dos convidados. 

Na semana passada presenciei uma convidada perguntando: "porque o Senhor está levando o bolo sem cortar?".

Outra: "Guardaram o bolo inteiro, vou embora". 

Como também já aconteceu do bolo ser fake por completo e, quando começaram a servir o bolo pelo salão, uma convidada olhou para a mesa e viu o bolo intacto e me perguntou: "Eu estou comendo outro bolo e aquele será apenas para os noivos?". 

E para surpresa de todos, agora criaram um bolo que parece um raio X aparece apenas o esqueleto do bolo... 

O tempo passou e o mercado sofreu modificações práticas, mas nada elegante... 




Nenhum comentário:

Postar um comentário